Os benefícios da melancia

melanciaA melancia é uma fruta típica do verão, muito refrescante e hidratante que traz também alguns benefícios para o organismo.

Para além de ser uma fruta extremamente alcalina, tem poucas calorias, apenas 30 kcal por 100g e é composta por, certa de 90% de água.

O que a faz ter propriedades hidratantes e tem também vitaminas do complexo B, sais minerais, carotenóides e substâncias antioxidantes.  

Sabia que…. alguns países, a abundância de caroços é um dos aspectos mais valorizados da fruta. Ricos em proteínas, gorduras e carboidratos, os caroços são considerados um alimento em si em alguns países da África, onde também é extraído um óleo comestível dessas sementes. Na Índia, os caroços são transformados em farinha para pão e, na Ásia, são comidos assados e salgados.

Parente do melão, da abóbora-menina e outras plantas que crescem em trepadeiras junto ao solo. Existem mais de 1200 variedades de melancia, cerca de 50 variedades que são as mais conhecidas e que se integram em 4 categorias gerais: a melancia riscada, melancia preta, melancia sem sementes e de polpa amarela.

Porque deve comer melancia

A melancia possui substâncias antioxidantes, que têm demonstrado uma ação protetora contra o desenvolvimento de doenças crónicas, como as cardiovasculares e o cancro.

É líder licopeno entre frutas e vegetais frescos. As variedades vermelha escura da melancia têm substituído o tomate como o rei do licopeno. O pigmento vermelho – encontrado também em damascos, laranja rosa, e mamão – é um importante antioxidante.

Os principais compostos antioxidantes da melancia são os carotenóides licopeno, beta caroteno, luteína e zeaxantina. Essas substâncias podem ter ação preventiva em alguns tipos de cancro, como o de mama e o de próstata, e diminuem o risco de doenças oculares como degeneração macular e catarata.

Alguns estudos mostram que o licopeno, o principal carotenóide da melancia, pode diminuir o nível de colesterol no sangue, tendo assim uma ação protetora em relação às doenças cardiovasculares.

A vitamina A, oferecida em boa quantidade pela melancia (uma porção supre, aproximadamente, 10% das necessidades diárias da vitamina), é importante para a saúde dos olhos e ajuda o sistema de defesas do organismo.

A vitaminas B5 e a vitamina B6 são outros nutrientes que contribuem para o bom funcionamento do sistema imunológico, além de atuarem na modulação dos receptores de hormonas no organismo.

Rica em minerais como, o ferro é essencial para o transporte de oxigênio e a formação de glóbulos vermelhos no sangue e o potássio que atua como regulador da pressão e do pH sanguíneos e auxilia os processos digestivos e as contrações musculares — após atividades físicas muito intensas, a reposição de potássio no organismo ajuda na recuperação dos músculos. E ainda de magnésio, que contribui para o bom funcionamento do sistema imunológico, é importante para o desenvolvimento dos ossos e dentes.

Como Escolher

A melancia de boa qualidade tem uma casca firme, lustrosa e sem manchas escuras. Ela deve ser pesada em relação ao seu volume.
Para saber se a melancia está madura, bata com os nós dos dedos na casca. Se sair um som “abafado”, ou surdo, ela está madura. Um som mais metálico indica que ainda está verde.
Ao comprar melancia já cortada, escolha as que tem uma polpa mais vermelha e brilhante, mas que estejam firmes.

Veja algumas dicas,

Como Conservar

Inteira, a melancia conserva-se por 7 a 10 dias à temperatura ambiente.

Após cortar, guarde a melancia no frigorifico, cobrindo a superfície cortada com película de plástico aderente, para evitar que absorva o odor dos outros alimentos. E também pode ser cortada em cubos e congelada.

Se quiser apressar o seu amadurecimento, basta embrulhá-la em uma folha de jornal por um ou dois dias.

Dicas na utilização

Todas as partes da melancia são comestíveis, mesmo as sementes e a casca.

O chá de sementes de melancia tem sido usado como diurético e para baixar a tensão arterial. A casca da melancia proporcionar alívio causado pela hera venenosa quando aplicada na pele.

Experimente congelar sumo de melancia em formas de gelo para adicionar a limonadas ou água com aroma de frutas naturais para adicionar sabor a suas bebidas.

Faça sopa fria combinando puré de melão, kiwi e melancia, misturando-lhe um iogurte simples.

Em países como Israel e Egito, o sabor doce da melancia é muitas vezes combinado com o sabor salgado do queijo feta.

Junte melancia cortada aos quadrados na sua salada de frutas ou faça sumo de melancia para acompanhar as suas refeições nos dias quentes de verão.

Ou também é boa para sobremesa como sorbets, um tipo de sorvete que não leva leite na composição.

Sorvete de melancia

Ingredientes sorvete melancia

200 ml de suco de melancia
Suco de meio limão
1 colher (café) de gengibre ralado
Gelo triturado
1 colher (sopa) de sal

Modo de preparação

Misture o suco de melancia com o suco de limão e o gengibre ralado.
Despeje a mistura em um saco plástico com fecho tipo zip (ou outro que fique bem fechado) e reserve.
Em outro saco maior, junte uma boa quantidade de gelo triturado com o sal e misture bem.
Em seguida, coloque o saco fechado com o suco de melancia dentro do saco com gelo.
Segure firme com as duas mãos para chacoalhar bem por 5 minutos ou até o suco de melancia virar sorbet.
Ou seja, até atingir uma consistência mais sólida e cremosa.

simples e super saudável…

Aproveite ! desfrute do verão e olhe por sua saúde

 

 

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.