Sabia que…. as cerejas são um aliviado de dor natural? A Universidade de Michigan identificou dois pigmentos vegetais na cereja que bloqueia a enzima (COX-2) que se atribui a causar a dor.

A cereja é um membro da família da rosa. Está dentro da classificação de uma drupa, o que significa que é uma fruta que contém um caroço coberto por polpa comestível.

Os dois principais tipos de cerejas são a doce e a amarga (ginga) e existem diferentes variedades de cada um dos tipos. A cereja amarga é mais usada para fazer doces, como tartes ou compotas.

Por que razão deve comer Cerejas

A cereja é um dos frutos com menos calorias, no entanto, é uma fonte rica de nutrientes, vitaminas e minerais. Contém vitamina A, C as do complexo B; os minerais cálcio, ferro e potássio. O potássio é um mineral saudável para o coração, componente importante dos fluidos celulares do corpo que regula a frequência cardíaca e a pressão arterial; é ainda rica em fibra.

As cerejas são uma importante fonte de fitoquímicos. O beta-sitosterol,um esterol vegetal que tem sido associado aos baixos níveis de colesterol no sangue, e as antocianinas dão à cereja a sua cor vermelha e também podem reduzir inflamação e dores.

A quercetina pode ajudar a prevenir a doença cardíaca e a amigdalina pode reduzir o crescimento e o tamanho dos tumores.

o ácido elágico pode ajudar a combater infecções e o cancro. O álcool perílico é um antioxidante que pode ter uma atividade anti-tumoral.

As cerejas amargas têm mais compostos fenólicos do que as cerejas doces e também são uma fonte natural do superóxito dismutase (SOD), responsável pela aniquilação de radicais livres, que proporcionam o envelhecimento.

Segundo investigadores da Universidade Estadual de Michigan, comer cerca de 20 cerejas por dia pode ajudar a reduzir dores de cabeça.

Informação científica

Em estudo que visou particularmente homens que beberam sumo de cereja amarga (ginga) depois de praticarem treino com pesos, tinham menos dor muscular e menos perda de força.

As cerejas doces têm propriedades tanto antioxidantes como anti-inflamatórias, especificamente uma substancia chamada caixinha, que pode diminuir a dor causada por cristais de ácido úrico. Segundo estudo, homens e mulheres saudáveis comeram cerejas doces durante 28 dias, os indicadores de inflamação baixaram e permaneceram baixos durante dias, mesmo depois de descontinuada a sua ingestão.

Fruta que prevale-se nos meses de Junho a Agosto, sendo de aproveitar esta época para a incluir na dieta e podendo esta, se tornar numa ferramenta para a prevenção de doenças inflamatórias mesmo antes de estas se tornarem dolorosas.

No entanto, há que ter em consideração a quantidade consumida em excesso que, pode provocar problemas estomacais, não sendo aconselhável consumir mais de 200 ou 300 gramas da fruta por dia.

Dicas na utilização

  • Quando comer cerejas, não desperdice os pés da cereja (pedúnculos). Têm grandes potencialidades, assim, deixe secar os pés em ambiente seco, à sombra durante cerca de uma semana. Guarde-os depois num pote e utilize-os para fazer chá.
  • Utilize cerca de 50 gramas de pés de cereja por cada litro de água, deixando ferver por dez minutos. Este chá ajuda a combater infeções urinárias, pedras nos rins e vesicula biliar, ácido úrico e doenças reumáticas. Serve ainda de diurético.
  • Uma forma de rentabilizar o consumo de frutas é fazer compotas caseiras, mais saudáveis do que as industriais. Além disso poderá saborear as cerejas fora da época, no inverno por exemplo. Procure cerejas mais escuras e doces, de forma a poder reduzir a quantidade de açúcar na receita.
  • Pode ainda conservar as cerejas em calda, para utilizar em crepes, waffles, ou outras sobremesas, durante o ano inteiro. E pode ainda adicionar a calda de cerejas em pratos de caça e aves.
  • Poderá também utilizar os caroços das cerejas e fazer uma almofada que, pode rapidamente aquecer no micro-ondas e aplicar em zonas doridas que agravam com o frio.
  • As cerejas têm um tempo curto para consumo. Guarde-as no frigorífico sem lavar nem tapar. Deve lavá-las apenas imediatamente antes de as consumir. Nessa altura, retire primeiro os pés e depois coloque-as debaixo da água corrente, para remover todos os vestígios de produtos químicos.
  • São o snack perfeito para ingerir entre refeições e um aliado para perder peso, pois ajudam a eliminar toxinas e líquidos, têm poucas calorias e contêm fibra que sacia e combate a prisão de ventre.

Aproveite ! opte por comer fruta da época..

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.