Amaranto, um alimento funcional

AmarantoSabia que…. os Astecas costumavam fazer ídolos de amaranto, do mel e do sangue humano e depois comia-os? Cortez achou essa prática uma abominação e reduziu a cinzas os campos de amaranto. O amaranto desapareceu e só foi redescoberto vários séculos depois.

 

O Amaranto é uma planta que é valorizada por suas propriedades quer nutricionais e culinárias quer cosméticas. Actualmente existem cerca de seis variedades de plantas de amaranto. As sementes são bem pequenas, mais ou menos do tamanho das sementes de sésamo e a sua cor é tipicamente entre o amarelo e o creme. O sabor das sementes de amaranto é uma combinação adocicada com sabor a noz e uma certa textura chocante quando cozinhadas. As folhas das variedades comestíveis de amaranto têm um sabor muito semelhante ao do espinafre.

O amaranto, muitas vezes referido como “o antigo geral dos Astecas”, data de há 8000 anos. Pensa-se que era o cereal mais consumido pelos Astecas antes de serem conquistados pelos espanhóis. Actualmente a China é o maior produtor deste cereal.

Por que razão deve comer Amaranto

O amaranto é de todos os cereais o que contém maior quantidade de proteínas por dose. Contém o aminoácido essencial lisina, que é deficitária em todos os outros cereais.

O teor de proteína do amaranto se compara ao do leite, porém, é muito mais facilmente digerido. Também apresenta albumina e globulinas (proteínas primárias), que quando comparadas às prolaminas do trigo, apresentam-se muito mais solúveis e digeríveis;

Não contém glúten. Essa é uma excelente opção para os celíacos, ou aquelas pessoas que apresentam intolerância a ele. A utilização da semente de amaranto aumenta o valor nutricional das receitas, sem agregar as inconveniências do glúten;

Por se tratar de um alimento funcional, testes realizados com o óleo de amaranto relataram ajudar na prevenção e tratamento de doenças cardiovasculares, tais como colesterol alto (hiperlipidemia), hipertensão, diabetes e obesidade;

Ajuda a emagrecer devido ao seu alto teor de fibras, responsáveis pela saciedade, apara além disso, as fibras ajudam o intestino a funcionar melhor, absorvendo parte da gordura, e conduzindo-a para fora do organismo; porém, o amaranto não deve ser a principal fonte de alimentação em nenhuma dieta.

Benéfico para os adeptos do desporto, na promoção da regeneração muscular no pós treino e ainda rico em proteínas, que o torna um grande aliado no aumento de massa muscular. As sementes de amaranto poderão ser usadas em substituição ou como complemento ao whey protein, albumina do ovo e a proteína vegetal da soja.

Remédios caseiros

Embora a aveia pareça ser o cereal que mais limita a absorção do colesterol, o amaranto parece ser quase tão eficaz a baixar o colesterol LDL e pode ser uma alternativa viável para quem seja alérgico á aveia ou simplesmente não goste do sabor.

Dicas na utilização

  • Este cereal é comercializado na forma de farinha ou sementes, estas (sementes) podem ser conservadas durante seis meses no frigorífico num frasco hermético.
  • por serem serem tao pequenas, as sementes devem ser lavadas em água fria num passador de rede fina ou nu pano de algodão. As sementes também podem ser assadas ou cozidas a vapor.
  • Este cereal fica melhor sabor se for cozinhado em líquidos de sabor forte como sumo de tomate. E é excelente para engrossar sopas.
  • Quando arrefece depois de ser cozido, o amaranto desenvolve uma consistência gelatinosa que pode ser usada para preparar geleias de fruta sem petinha e com pouca necessidade de açúcar.
  • Fácil de cozinhar.  Para cozer 1 chávena de sementes leva 5 chávenas de água, levando cerca de 15 a 20 minutos para estar cozido. Deve-se ir mexendo enquanto coze para não pegar no fundo e escorrer a água em excesso depois de cozido.
  • Pode torrar as sementes numa frigideira e elas estalam como pipocas. Os amarantos estalados são excelentes para panar peixe ou carne, ou como cobertura tostada para sopas e saladas.

Muito rica a nível nutricional, pode ser utilizada por desportistas que necessitem de ingestão de proteína, sendo alternativa a proteína animal. Com aminoácido essencial lisina, que a distingue de todos os outros cereais. E pode ainda ser utilizada para compor pratos nutritivos e equilibrados numa alimentação saudável.

Experimente e olhe por a sua saúde…

 

2 COMENTÁRIOS

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.